20 mar 2016

Era uma vez….

Em um belo dia do verão de 2008, quando eu, sim, eu mesmo, Rodrigo Machado resolvi por livre e espontânea pressão do meu amigo Guilherme ir a uma festa de aniversário. Lá chegando, o nosso padrinho Carlos se engraçou com uma menina muito especial em sua vida, a inigualável Iascara!!! Quando eu e o Guilherme percebemos que tínhamos um soldado a menos na guerra, resolvemos dar uma volta e assim, não incomodar nosso amigo que estava ocupado. Depois de algumas horas e, ainda sem nosso soldado Carlos, o Guilherme avista uma mesa e fala em tom firme e forte… “Duvido que você vá lá falar com elas!!”

Como diria um poeta brasileiro, capitão Nascimento, missão dada é missão cumprida!

Chegando à mesa, eu me deparei com uma quase psicóloga, me analisando a cada, mais ou menos, 1,5 segundos! E eu contando varias coisas da minha vida, as quais nenhuma delas eram verdade, achando que estava dando tudo certo … claro .. em cabeça de quem já bebeu algo .. sempre está dando certo!

Chegando o final da noite, o Carlos ainda estava entretido .. – pia forte mesmo – e por conta de uma amiga da Alloma, eu e ela apenas trocamos telefones e cada um foi para sua casa.

Começamos a nos falar pelo saudoso MSN, e marcamos de nos ver na terça feira seguinte em um show de humor. La sim, jogando em casa

tudo a favor, acabamos nos beijando quando fomos ao banheiro…?! oi?! Hein?! Sim … na saída do banheiro!

Desse dia em diante passamos a nos ver freqüentemente e na páscoa desse mesmo ano, como o castigo sempre vez a cavalo, e esse era rápido, ela começou a me perguntar de todas as coisas que eu havia dito para ela naquela fatídica noite que nos conhecemos, e como era mais do que esperado, quem inventa não se lembra de nada do que disse, eu não tinha o que dizer e ela me falou que sabia que o que eu havia contado não era verdade (Quem foi que inventou esse treco de psicologia!??).

Começamos a ver que tínhamos gostos muito parecidos, ideias parecidas, jeitos de ser que batiam um com o outro e ideais que combinavam, todas loucas, mas combinavam.

Não demorou muito pra eu pedir ela em namoro, coisa rápida, sou assim, não agüento esperar, aproximadamente um ano e meio depois de nos conhecermos!

Em 2010 comprei um sobrado para morar sozinho e logo pensei, vou comprar um Bull Terrier, sempre quis esse cachorro! Mais do que rápido a Alloma viu essa minha vontade e me deu um …. YORK SHIREEEEE!!! Um rato de pelos com uma chuchinha na cabeça que se chamava BEEELLL! Coisa simples, só 30kg de diferença de um cachorro para o outro! Mesmo assim, de lá para cá me apaixonei por essa cachorrinha .. mas isso fica para uma outra historia.

Um belo dia, estávamos conversando sobre qualquer outra coisa, e olhamos um pro outro … e um dos dois disse .. vamos casar?! Prontamente o outro aceitou. Não me ajoelhei, não teve choro e nem festa ucraniana de 3 dias … mas um consenso dos dois que vale mais do que tudo isso.

De lá para cá já perdemos muitos fios de cabelos, sábados e domingos, etc etc etc .. como da trabalho organizar isso! Ainda bem que a Alloma existe! Ahhh … descobri que PlayStation e futebol não organizam casamentos … aprendizado do ano …

Hoje estamos aqui felizes por vocês estarem aqui conosco e gostaríamos que, alem deste dia, vocês estejam em todos os nossos outros dias daqui para frente.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Precisa de ajuda?